top of page

Conheça o GMP+ 2020

Atualizado: 25 de jan.

Saiba o que é a nova versão do esquema documental GMP+ FSA e quais são as principais alterações na estrutura do esquema documental


O GMP+ International, em 01/03/2021 lançou uma nova versão para o esquema documental GMP+ FSA, e chamou ela de GMP+ 2020.

Nota: Esta nova versão estava planejada para 2020, porém com o Covid, acabou sofrendo um atraso e sendo lançado no ano seguinte. Porém preferiu-se manter como GMP+ 2020.


Aliás, se você quer entender melhor sobre o GMP+ FSA, recomendo que leia meu último post.

A nova estrutura do GMP+ FSA (2020)


A primeira mudança que você vai ver no GMP+ FSA é quanto às classes de documentos. Se na versão 2010 tínhamos as classes A, B, C e D, na versão 2020 continua a divisão em 4 classes, agora com nomes (e conteúdos) diferentes:

Framework (link)

Documentos introdutórios sobre o esquema documental

Requirements Companies (link)

Aqui estão os requisitos da certificação GMP+ FSA, base para a certificação. São os documentos principais, mandatórios para as companhias.

Requirements Certification Bodies (link)

Documentos referentes ao processo de certificação, incluindo regras da certificação e classificação das categorias das não conformidades

Support (link)

Documentos de apoio para as empresas. Auxiliam as companhias e auditores a enteder melhor o GMP+ FSA


Requisitos para Companhias


Os documentos com os requisitos para certificação na versão 2020, disponíveis em inglês aqui, são os seguintes:

  • R 1.0 - Feed Safety Management System Requirements

  • TS 1.1 - Prerequisite programme

  • TS 1.2 - Purchase

  • TS 1.3 - Product list

  • TS 1.4 - Forbidden Products and Fuels

  • TS 1.5 - Specific feed safety limits

  • TS 1.6 - Sampling

  • TS 1.7 - Monitoring

  • TS 1.8 - Labelling

  • TS 1.9 - Transport activities

  • TS 1.10 - Operational activities

  • TS 1.11 - Control of residues


Existe uma mudança substancial aqui se compararmos a versão 2010 com a versão 2020.


Na versão 2010, temos um documento de referência de acordo com o escopo de certificação. Por exemplo: se a sua companhia é certificada no escopo 'Production of Feed Materials', o documento de referência é o 'B2 - Production of Feed Ingredients'; se está no escopo 'Trade in Feed ', o documento e referência é 'B3 - Trade, Collection and Storage& Transshipment' . Importante ressaltar que este não são os únicos documentos aplicáveis. Além desses documentos, devem ser atendidos também os documentos BA.


Na versão 2020, independente do escopo (ou dos escopos) que a companhia está certificada, o documento de referência é o mesmo: 'R 1.0 - Feed Safety Management System Requirements'. Além desses, os demais documentos também são aplicáveis, de acordo com o escopo. Isso eu vou explicar no próximo tópico.


Inclusive, se você quer ter acesso a estas normas traduzidas em português, clique aqui.



Escopos do GMP+ FSA


A tabela abaixo foi confeccionada com base no 'F0.3 - Scopes for certification' (link). Ele mostra para os escopos de certificação GMP+ FSA quais são os documentos aplicáveis.




Como será a transição para a versão 2020


O GMP+ International definiu um prazo máximo para as companhias realizarem a migração à nova versão do GMP+ FSA: 1 de setembro de 2024.


Porém, caso a companhia queira se antecipar, já pode ser auditado na nova versão.

O mesmo vale para as empresas que passarão por certificação inicial.


Quer conhecer com detalhes o que mudou no GMP+ FSA 2020 com todos os detalhes? Nos chame!

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page